Aprenda sobre Financiamento Coletivo

Descubra como o Crowdfunding estimula a Educação

Hoje, todo mundo clama pela melhoria da educação e, de fato, precisamos de ajuda. Entretanto, ter uma formação completa demanda muito dinheiro e investimento.

A alternativa que os alunos tinham, o Fies, não aceita mais inscrições – o Governo informou que acabou a verba para novos contratos. Isso quer dizer que quem está no meio do curso, não vai conseguir terminá-lo porque não teve nova concessão e quem estava buscando entrar numa faculdade, mesmo sendo aprovado na instituição, não terá o financiamento.

O aumento do custo da educação é um enorme problema econômico.  Muitos estudantes almejam melhorar de vida e alçar voos mais altos, como intercâmbios, por exemplo. Mas, esbarram nos altos custos.  O mesmo cenário acontece com graduação e pós-graduação, pois  alguns cursos possuem mensalidades altíssimas, muitas vezes, inviabilizando o ingresso na Instituição sem uma ajuda financeira.

O crowdfunding surgiu como um meio de tornar sonhos pessoais em realidade. O modelo de economia colaborativa apareceu como uma excelente solução para artistas, idealistas e empresários que procuram maneiras de aproveitar o poder da tecnologia para financiar suas ideias e fazer a diferença para a educação do Brasil.

Quem o crowdfunding já ajudou?

Muitos jovens e adultos tomaram a iniciativa de criar uma campanha de financiamento coletivo para seguir estudando e obtiveram muito sucesso!

Um grupo de doze estudantes de direito da FGV se juntaram no começo do ano para arrecadar fundos para financiar uma viagem à Holanda, para participarem da Competição de Direito Penal Internacional.

O custo total da viagem era de quase R$ 90 mil reais e, por isso, a campanha foi criada para cobrir os custos de passagem e hospedagem de três das alunas, que são bolsistas integrais na faculdade e têm dificuldade financeira. Felizmente, a equipe ultrapassou a meta inicial e puderam realizar esse sonho.

Outro exemplo é o de Matheus, um cearense de 19 anos, com sede de conhecimento. O menino teve uma trajetória incrível durante toda a sua vida escolar – incluindo bolsa de estudos, inúmeros prêmios acadêmicos, olimpíadas de física, matemática, astronomia, informática e robótica – e tinha o sonho de estudar Business e Ciência da Computação na University of British Columbia, considerada a melhor do Canadá nessa área.

Matheus criou uma campanha de financiamento coletivo para sua viagem e arrecadou 105% de sua meta, parte disso foi pela enorme criatividade ao definir as recompensas a quem contribuísse. Variavam de uma cutucada no Facebook, uma selfie dele com sua foto no campus da UBC e até um vídeo cantando “Let it Go”, a música do famoso filme Frozen. Demais, né?

Dicas para quem está em busca de recursos para viabilizar seu projeto educacional via crowdfunding

  • Considere sua base de contatos ao calcular a meta e pensar a sua estratégia captação
    Em torno de 30% das contribuições para campanhas de crowdfunding vem da rede de contatos do criador da campanha (familiares, amigos e contatos). Por isso, é importante definir metas realistas, que levem em consideração o tamanho da sua base de divulgação.
  • Defina o tipo da sua campanha
    Caso seu projeto possa ser viabilizado mesmo não atingindo todo o valor de sua meta de arrecadação de crowdfunding, sua campanha pode ser do tipo Flexível, uma exclusividade da site de financiamento coletivo da Kickante. Nessa modalidade, você recebe o valor arrecadado (descontando a taxa da do site) mesmo que não atinja a meta.Agora, se você só puder realizar o seu projeto caso arrecade o valor total da meta, a sua campanha deve ser do tipo “Tudo ou Nada”. Neste caso, se você não atingir a meta de arrecadação, o valor será devolvido integralmente aos contribuidores. Importante: caso escolha o tipo de campanha Flexível, deixe claro para o contribuidor o que fará com o dinheiro ou como conseguirá o restante da meta.
  • Mostre seu talento: inclua vídeos na sua campanha
    Um vídeo bem feito (pode ser filmado pelo celular mesmo) é uma ótima forma de se apresentar e se aproximar mais de seus contribuidores. Eles gostam de conhecer quem está por trás do projeto. E mais, o vídeo é também uma excelente forma para a sua campanha viralizar fora da plataforma de crowdfunding e atrair mais contribuidores ao ser compartilhada nas redes sociais, blogs e fóruns.A gente sabe que grande parte das contribuições virão daquelas pessoas que já conhecem seu trabalho, mas as plataformas também recebem muitas visitas de pessoas interessadas em conhecer e apoiar novos projetos. Por isso, é sempre bacana incluir no corpo da sua campanha um vídeo de apresentação sua e de seu projeto.
  • Personalize sua campanha
    Dedique tempo na criação de sua campanha, inclua textos, imagens, vídeos, gráficos e tudo o que possa enriquecer a página de sua campanha! Afinal, não basta ser popular, o layout de sua campanha precisa ser único. Escreva textos engajadores, fale com o seu público de igual para igual. Explique para eles como este projeto impactará a sua vida ou das pessoas ao seu redor.

Você também pode gostar...