Aprenda sobre Financiamento Coletivo

Captação de Recursos para Projetos Culturais

O crowdfunding, chamado também de financiamento coletivo, tem se tornado a forma mais rápida e fácil de captar recursos para projetos culturais (música, teatro, cinema, entre outras áreas). Isso porque ele é um modelo de financiamento colaborativo onde você não precisa de um investidor que concorde em colocar toda a grana do projeto. Como a própria palavra “crowdfunding” sugere, é um financiamento feito por uma multidão.

Em tempos de crise e corte de 22,7% da verba do Ministério da Cultura para 2016, muitos cineastas, produtores e músicos estão utilizando esta nova forma de captação de fundos para lançar seus projetos no mercado.

Vantagens da captação de recursos online

São várias as vantagens de criar uma campanha de arrecadação online em plataformas de financiamento coletivo. É rápido e sem burocracia: você não precisa pedir investimento para bancos, empresas ou montar um plano de marketing estruturado. Bastar ter uma boa ideia e explicá-la em um texto descritivo – defendendo porque precisa de cada contribuição e o que fará com o dinheiro. Além disso, é uma ótima forma de estar mais perto de seus fãs e interagir com eles.

Aliás, as plataformas de financiamento coletivo estão substituindo a necessidade de busca por Leis de Incentivo à Cultura, como a Lei Rouanet, fazendo com que os artistas tenham mais liberdade e possam viabilizar seus projetos com mais rapidez.

Outra vantagem é que esta forma de arrecadação é menos burocrática e super democrática, permitindo que qualquer pessoa com um bom projeto, possa viabilizá-lo através da contribuição financeira de milhares fãs que acreditam na sua ideia. Enquanto que, geralmente, para se captar pela Lei Rouanet ou outras leis estaduais de incentivo fiscal, é preciso haver uma estrutura de captação grande, pois os trâmites são bem burocráticos.

O que o artista ganha com o financiamento coletivo

A vantagem de arrecadar grana via financiamento coletivo é que o artista possui total controle sobre sua obra, sem o intermédio de patrocinadores ou gravadoras. Veja outras vantagens:

  • Escolha do repertório: esta é a principal vantagem, afinal, todo artista sonha em ter seu projeto e fazer sucesso com algo genuíno, algo que represente a sua essência como artista.
  • Tempo para a realização de seu projeto: você determina quanto tempo será necessário para gravar seu CD ou filme, criar a sua peça teatral, exposição, entre outros . No seu ritmo.
  • Divulgação do projeto: financiamento coletivo não é somente arrecadação de grana e sim, divulgação gratuita para você e seu projeto. Artistas como Lobão, Karina Buhr, Esteban Tavares, entre outros, foram bastante citados na mídia após criarem suas campanhas de financiamento coletivo.

E mais, você cria um laço com sua base de contatos – que serão seus investidores. Em troca disso, oferece recompensas que os incentive a contribuir. Se o objetivo de sua campanha for arrecadar grana para produção de um CD, um curta ou um filme, faça a pré-venda do produto aos contribuidores. Os fãs gostam de receber algo em primeira mão. Se for um evento de lançamento ou Show, ofereça as entradas como recompensa.

Pincel de tinta

Ou seja, através da sua campanha de financiamento coletivo você: divulga seu trabalho para todo o Brasil; fica mais próximo dos seus fãs e adquire novos; consegue avaliar o interesse do público e recebe um feedback valioso; e, ao final da campanha, ainda conta com toda a lista de contribuidores que poderão ajudá-lo futuramente.

Cases de sucesso

Com a campanha “Esteban Tavares: pré-venda exclusiva!”, o cantor Esteban, ex-Fresno, conseguiu bater sua meta de arrecadação em 157% – R$ 80.705,00 – para a gravação de seu segundo CD, com mais de 1.200 contribuições. Ele conta que optou pelo crowdfunding pois era uma forma de manter sua liberdade criativa e também ficar mais próximo de seus fãs.

Do outro lado país, um grupo de amigos pernambucanos graduados em Cinema e Audiovisual, arrecadaram 226% da meta inicial através da campanha para produção do curta-metragem “Sobre o Silêncio”, que inicialmente era somente um projeto acadêmico.

Conclusão

O financiamento coletivo abriu portas para os artistas independentes tirarem suas obras do papel e promete uma revolução nos cenários musical e audiovisual brasileiros. Se você quer lançar seus projetos musicais, mas não tem grana, não deve ficar parado. Compare as plataformas de arrecadação existentes no Brasil e crie uma campanha e comece a arrecadar hoje mesmo! Artistas do Brasil e do Mundo estão viabilizando seus projetos com o apoio dos fãs.

Você também pode gostar...