Site icon Vaquinha Online e Virtual – Central da Vaquinha

4 Tipos de Campanhas de Crowdfunding

Crowdfunding, traduzindo ao pé da letra, significa financiamento por uma multidão ou financiamento coletivo como é chamado no Brasil. Se você tem uma ideia ou um projeto e necessita de dinheiro para lançá-lo, deve criar uma campanha de crowdfunding e contar com a contribuição de dezenas, centenas ou até milhares de pessoas para transformá-lo em realidade.

Não há uma quantia fechada, cada um contribui com o valor que se sentir confortável (lembrando que toda plataforma possui um valor mínimo de contribuição que pode ser de R$10,00, R$20,00 ou outro valor).

Até pouco tempo, era necessário pedir uma grande quantia ao banco ou para investidores. Mas com crowdfunding é diferente, você entra em contato com milhares de potenciais contribuidores de seu projeto.

E, para divulgar sua campanha, basta usar as mídias sociais, amigos, familiares e contatos de trabalho, além de outras formas de divulgação que sua ideia permitir. Existem 4 tipos diferentes de campanhas de crowdfunding: doação, recompensa, equity crowdfunding e debt crowdfunding.

Doação (Crowdfunding sem Recompensa)

Este tipo de crowdfunding tem sido utilizado por grandes instituições de caridade. Como o próprio título diz, não há recompensa em troca de uma contribuição, as pessoas contribuem simplesmente por acreditar na causa e não na expectativa de receber um item em troca.

Recompensa (Crowdfunding com Recompensa)

Este é o tipo de crowdfunding mais comum no mundo todo. É nele que você pensa ao lembrar de sites como Kickante, Kickstarter e Indiegogo, por exemplo. O contribuidor recebe uma recompensa oferecida na campanha.

Equity Crowdfunding

Equity Crowdfunding se caracteriza como investimento no capital de uma empresa. Antes, era preciso buscar um grande investidor, mas agora é possível vender títulos da sua empresa para diversos contribuidores (neste caso, investidores) que apostam na sua ideia de negócio. No Brasil, a regulamentação do Equity Crowdfunding está sendo avaliada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Mas, é uma nova possibilidade das empresas adquirirem um capital que antes, talvez, não pudessem alcançar sem o crowdfunding.

Diferentemente do crowdfunding tradicional onde os usuários contribuem com um determinado projeto sem a expectativa de lucrar, em equity crowdfunding, o contribuidor está em busca de retorno financeiro.

“Se tudo der muito certo, em 2016, teremos, provavelmente, 200 lançamentos anuais arrecadando R$ 250.000,00, em média, e gerando um investimento total de R$ 50 Milhões” estima Adolfo Melito, Presidente da Associação Brasileira de Equity Crowdfunding. “Se a multidão acredita na ideia, no produto e no empreendedor, ela pode apoiar esse empreendimento, pré-adquirir o produto, prover fundos ou agir meramente como coautora”, conclui.

Debt Crowdfunding

Neste tipo de crowdfunding, os investidores recebem seu dinheiro de volta com juros. Também chamado de peer-to-peer (P2P) de empréstimos, pois permite a concessão de empréstimos de dinheiro, ignorando os bancos tradicionais. Os contribuidores investem em uma ideia em que acreditam e, depois de um tempo, recebem o retorno financeiro de seu investimento.

Ficou animado?

Então, crie já a sua campanha de crowdfunding! Ou entre em contato pelo falecom@kickante.com.br que daremos todo o suporte para que você crie uma campanha de sucesso!

Sair da versão mobile